sábado, 26 de novembro de 2011

Temos que proteger a UFRN da Copa!





Você sabia que a Prefeitura do Natal junto com o Comitê Organizador da Copa do Mundo 2014 "ofereceu" o espaço da UFRN pra construção de estacionamentos público para a copa de 2014?
O quê isso quer dizer?



Isso que dizer que dentro desse espaço cedido pra essas obras, árvores vão ser derrubadas, áreas verdes devastadas, mais impermeabilização do solo, sem contar o desperdício do seu dinheiro pra construir estacionamentos para DOIS JOGOS APENAS. 


Protejam o verde da UFRN! Não deixem que invadam nosso espaço!



Autoria do texto: Anderson Werneck

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Mensagem: a sociedade, aos trabalhadores, e gestores da SEMTAS

"Até quando você vai ficar levando porrada,
até quando vai ficar sem fazer nad!?"

Olá cidadãos natalenses, estamos a observar a má gestão dos nossos recursos públicos de nossa cidade, se constata a precariedade do serviço público, e cada vez mais o aumento abusivo de impostos, para não termos nada, e os grandes oligarcas tudo. Não podemos nos calar, esse processo vem acentuando-se todos os anos, e a cada nova gestão, a cada nova eleição a coisa piora. Viemos transmitir-lhe mais uma informação de seu interesse, se não suporta mais injustiças e corrupção. Chamamos a população a procurar se informar e exigir seus direitos. Trazemos mais uma denúncia que a mídia comprada não noticia, porque ela está do lado dos "grandes". Precisamos acordar!

A Secretaria Municipal de Trabalho e Assistencia Social está impondo aos funcionários terceirizados, servidores não concursados, tal regime de trabalho que ofende a legislação trabalhista e a Lei de Estágio; não dando condições mínimas para se trabalhar; como o próprio atraso da folha de pagamento dos funcionários, dentre eles muitos estudantes, que  sequer possuem vínculo formal com a instituição, no reconhecimento dos direitos constituídos perante a CLT, e no caso de estudantes estagiários - o próprio reconhecimento como tal. Vale salientar que essas pessoas dependem muito dessa renda complementar para se manter.

Viemos  expor à sociedade, com a transparência que não vemos dos gestores públicos e na figura do secretário geral da Semtas Alcedo Borges de Melo Júnior (alcedo.borges@natal.rn.gov.br); a Secratária Adjunta Verônica Dantas e representante burocrata maior do Executivo Micarla de Sousa (sem esquecer de problematizar que este não é  apenas um problema da atual gestão, mas uma lógica institucional colocada em prática desde muito tempo, acentuada pela atual governo) que os funcionários de diversos programas, a exemplo do PETI - Porgrama de Erradicação do Trabalho Infantil e o Bolsa Família, estão sem receber seus salários e algumas gratificações como vale transporte: alguns há completar 2 meses, outros estão chegando a 4 MESES SEM SALÁRIO.

Os funcionários dos programas NÃO APRESENTAM QUALQUER VÍNCULO com a instituição: nem por carteira assinada, vínculo contratual ou segundo diz a Lei de Estágio. Muitos não possuem férias, não recebem décimo terceiro e muito menos vale transporte. Do salário é descontado valores que NÃO são repassados ao INSS, e para onde é destinado esse dinheiro permanece uma incógnita.

Relatos de pessoas que queremos preservar dizem-se ameaçadas: aquele quando após os primeiros meses sem salários, de quem, mesmo sem condições, de chegar ao trabalho, terá seu salário abusivamente descontado, o que é absurdo e autoritário. Existem ameaças de demissões e o constante policiamento a livre manifestação política negativa à atual gestão municipal, que é mais um direito constitucional sendo infrigido.

Não acreditamos que essa seja apenas uma particularidade desta Secrataria, mas a realidade de outras, onde não há condições de vida, de trabalho para garantir os serviços públicos com qualidade. A Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social tem a perspectiva  de promover e garantir direitos aos cidadãos, porém não é capaz de GARANTIR OS DIREITOS dos seus servidores. Perguntamos a você cidadão: como irá garantir o seu?

A situação chegou ao extremo, estamos monitorando os fatos que, afinal, não vem ao público pela opressão feita aos servidores, perseguição política e boicote midiático. Estamos observando cada passo dado. CHAMAMOS os trabalhadores e a sociedade, ela que é a beneficiária de todos os programas promovidos pela Semtas. Organizem-se, coletivos autônomos na construção da democracia real, utilizem as redes sociais, o boca-a-boca, reunam-se, exerçam a cidadania real, para exigir a concretude de um de seus direitos mais plenos, o Trabalho e a Assistência Social - neguem esse forma de poder que nos fazem reféns, fazendo não nos questionarmos sobre o injusto e perverso.  

Juntos somos fortes, não fomos ouvidos até então, mas estamos aqui, devemos despertar, cultive a solidariedade que nos une. Não tememos mais os governos, os governos que devem nos temer! A consciência precede a mudança, e eles fazem de tudo para não termos consciência.

Nós somos Anonymous.
Nós somos uma legião.
Nós não perdoamos.
Nós não nos esquecemos.
Espere-nos.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

#occupywallstreet: ação de guerra da policia!

Occupy Wall Street: Registro da truculência da policia estadunidense ao invadir Occupy Oakland, onde estavam acampadas milhares de pessoas representando o movimento de resistência global ao capitalismo. 

Imagens fortes


Cenário de guerra - visto do alto.


Urgente: Extermínio do Povo Guarani Kaiowá.

Denunciem! Falem com a presidente. Esse é o canal no qual você cidadão tem direito de falar. Copie essa denúncia e envie ou escreva a sua. Quanto mais pessoas, melhor. Faça sua parte pela internet! Você pode salvar a vida de alguém só gastando alguns minutos preenchendo um simples formulário.
https://sistema.planalto.gov.br/falepr2/index.php

O Givanildo-Giva Manoel acabou de postar o seguinte: Car@s, estou em um dos piores momentos da minha vida, estou assistindo ao genocidio do Povo guarani Kaiowá, a situação se agrava a cada minuto e o sentimento de impotência e a indiferença da esquerda , que se diz revolucionária é algo impressionante. A empresa de segurança Privada Sepriva, que foi contratada pelos fazendeiros da região de Dourados para exeterminar os Guarani Kaiowás, tem uma lista das lideranças Guarani Kaiowá para matar imediatamente e são eles: Cacique Ládio , Vereador Otoniel, Cacique Ambrosio, Cacique Carlitos , sendo que a pior situação é do Cacique Ládio, que está sendo caçado nesse exato momento, pelo fazendeiro Jacinto Honorio da Silva, que matou o Cacique Marcos Veron, está com os jagunços da SEPRIVA em frente a aldeia Taquara afirmando que irá matar o Cacique Ládio Veron, ainda hoje. A policia federal, mandou 3 policiais para enfrentar 50 jagunços da Sepriva e voltaram correndo. Espero que os companheir@s se posicionem de alguma forma, porque não sei o que fazer, hoje só tenho impotência! '

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Projeto Ágora #Anonymous @AnonIRC @YourAnonNewsBR


O plano, o Projeto Ágora e você

Muitos têm perguntado, O que é o plano? Isso é parcialmente usado pra tirar sarro da gente, e parcialmente perguntado por membros novos que não entendem o que está acontecendo. A verdade é que, de várias maneiras, não há "plano". Os fundadores deste site estavam descrevendo o trajeto natural de um movimento. Primeiro é necessário educar-se, identificar de fato ao que você se alia ou se opõe. Dai se organiza localmente, regionalmente e nacionalmente. Se você tiver sorte, pode acontecer globalmente. O último passo é a mobilização.

Tem acontecido muita confusão à respeito das "fases" e do prazo arbitrário de 1 ano. A causa da confusão é aceitável. Estes são os contornos básicos do começo de um movimento. Nós estamos bem encaminhados. Eu de fato espero que as pessoas parem pra pensar onde estamos e o que estamos fazendo, no contexto.

Com esse olhar otimista, podem perguntar "Porque estamos trocando de site?" É uma pergunta justa e existem algumas respostas muito boas:

Primeiro, este site é limitado, isso quer dizer que o banco de dados é de posse da Forummotion, o hospedeiro do fórum. O time de Admins/Mods não conseguem fazer as melhorias necessárias pra fazer o site crescer. Também não podemos por dinheiro na conta pra nos livrarmos das propagandas.
Depois, uma vez que os fundadores abandonaram o site, não podemos levar a URL conosco. O time de Admins/Mods não tem nenhum acesso à ela.

Além disso, o staff sente que todo o drama associado ao WITP tem um efeito duradouro e queremos nos distanciar disso. Um site não pode ser Anon. Visitar um site que Anons apoiam não transforma todo mundo que o acessa em Anon.

O site novo ao qual os convidaremos, é uma plataforma. Uma plataforma pra todos os tipos de ativistas, Anons e pessoas que não são da internet. Haverá guias claros de postagem e termos de serviço. Todos serão julgados pelo mesmo padrão.

Atualmente ainda estamos montando o site. Existe uma conta oficial de twitter @AgoraVoice, siga para novidades. Ao passo que haverá um convite aberto para todos os membros do WITP, eu sugiro que vocês deixem realmente todo o material relacionado ao WITP aqui. Se existem tópicos que você tenha criado e que você acredita que tenham lugar no novo site, por favor guarde-os. Mas tenha certeza de que ele esteja de acordo com os Termos de Serviço antes de postar.

Nós não migraremos as contas deste site. Não queremos que os nossos números pareçam artificialmente manipulados. Mais informações serão liberadas assim que estiverem disponíveis.

Eu sou o @AnonIRC
Somos Anonymous
Somos uma Legião
Nós não esquecemos
Nós não perdoamos
Nos te amamos
Nos aguardem

domingo, 20 de novembro de 2011

Carta denúncia - abuso de autoridade e repressão a liberdade de expressão

Carta denúncia endereçada a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal do Natal, no endereço: Rua Jundiaí, 546 - Natal/Rio Grande do Norte. Telefone: (0XX)84 3232-9363 / 3232-9364. Encaminharemos a denúncia também e todas as provas registradas a Procuradoria da República no Estado do Rio Grande do Norte, Av. Marechal Deodoro da Fonseca, 743 - Petrópolis, Natal/RN - (84) 3232-3900, www.prrn.mpf.gov.br

Câmara Municipal do Natal, dia 18 de novembro de 2011, sexta-feira.


Na presente data, três manifestantes, que fazem parte do movimento #foramicarla, novamente encontraram as portas fechadas da popularmente conhecida “casa do povo”. Antes do ocorrido, permanecíamos no Calçadão da Av. João Pessoa, onde começamos a nos concentrar a partir das14h, reunindo-nos de forma pacífica, trabalhávamos na elaboração de cartazes, como também conversávamos com transeuntes sobre nossas idéias.

Quase 15h30 rumamos a Câmara dos vereadores com cartazes e máscaras em um protesto criativo e pacífico; ao chegar no legislativo por voltar das 16h encontramos as portas fechadas. Ao aproximarmo-nos do prédio tiramos as máscaras no intuito de nos identificarmos, e encontrando as portas trancadas, começamos a chamar, bater palmas, sem obter nenhuma resposta de quem estava lá dentro.

Outras pessoas que se dirigiam a Câmara, que não estavam ligadas ao nosso protesto, também ficaram surpresas, e com um pouco mais de insistência um guarda municipal abre a porta de vidro que separa do portão de ferro, e deseducadamente, aos “berros”, diz que o expediente da Câmara terminou às 13h, e que não podíamos entrar - virando-nos as costas rapidamente - com a CEI dos Contratos em pleno funcionamento, ouvindo os depoentes convocados àquele dia. Achamos estranho, pois na semana retrasada, dia 4 de novembro de 2011, em mais uma reunião da CEI, inclusive em maior número preenchemos as galerias pacificamente com cartazes, e algumas pessoas também estavam com máscaras, como forma de protesto, aonde primeiro adentramos a casa identificados com as faces nuas, e em outro momento quando estávamos já nas galerias do plenário essas pessoas colocavam as máscaras em um protesto silencioso, pois apenas vem representar isto, ademais em posse de cartazes com palavras de ordem.

No presente dia, 18, qual queremos denunciar, tínhamos o mesmo objetivo, mesmo em pouco número fazer valer nossos direitos de cidadão e livre manifestação cultural, artística e de expressão, e nos deparando com esta situação. Vale salientar que o contigente da guarda municipal estava mais que quadruplicado, como forma de possível intimidação. Dirigimo-nos ao portão lateral esquerdo do prédio, queríamos ouvir no mínimo uma explicação decente: fomos recebidos pelos guardas municipais, que nos queriam acreditar que a casa estava sem atividades, e que não poderíamos entrar, mesmo com a CEI em andamento, pois era fechada, e só com autorização da presidente da comissão.

Não estávamos mascarados ao dialogar com os agentes, até que o Coronel aposentado da Polícia Militar*, cujo nome não sabemos até agora, sem farda, e sem identificação, concluindo que, o suposto não encontrava-se de serviço, de maneira descabida exige olhar nossos cartazes, nós não oferencendo resistência, mostramos, e revelando o fato de que queríamos acompanhar a CEI, indignados com a falta de respeito, tentando justificar com ênfase de aquilo se tratar de um grande absurdo, o tal Coronel da Polícia Militar, mais uma vez repetimos sem identificação, saca de seu bolso um celular com câmera, e começa a apontá-la para nós, e como uma forma de preservarmos nossa segurança colocámos as máscaras (que estavam levantadas sobre nossas cabeças) com o objetivo de nos defender daquela ação repressora. 

Destemidos, encaramos a situação, retirando a máscara, segundo tinham nos pedido, e tiramos, o Coronel abusando da autoridade, de forma constrangedora, tirou fotos nossas e dos cartazes. Retornamos ao portão principal, que foi aberto, em que o Coronel continuava a tirar fotos e a filmar, e sempre nos provocando de maneira grosseira e debochante com vistas de alterar nossos ânimos. Pedimos que o tal Coronel identificasse seu nome e patente, pois depois de passar por tal abuso, queríamos fazer o que o aparato legal nos garante, que a denúncia das atitudes desse militar diretamente ao Ministério Público, embasados na Cartilha de diretrizes para uma polícia cidadã do Ministério Público federal. Negou-se, insistimos, mostramos que todos os guardas municipais presentes e o próprio colega estavam identificados. Os guardas adentraram a casa, e a sós com o Coronel, de forma preconceituosa, nos agredindo moralmente, o Coronel nos chama de desocupados, vagabundos, chega ao ápice, de nos chamar de maconheiros, e ao ouvir que só fazia aquilo por ter as "costas largas", respondeu que também tinha as genitálias largas, com termos de baixo calão.

Diferente do Coronel, os próprios guardas municipais acuados pelo “papelão” feito por este oficial, que não é a primeira vez, entre ofensas e ameaças relatados por outros companheiros de luta, assevera-nos sobre a condição de que só iriamos entrar sem às máscaras e os cartazes. Guardamos os cartazes e às máscaras, para entrar, exigiram que nós deixássemos nossas identidades retidas na recepção e que nossas coisas fossem revistadas; recusamo-nos por se tratar de mais um abuso,e justificando que não teriam aquele direito, porque já estávamos sendo fortemente reprimidos, disseram-nos que se abríssemos os cartazes ou tirarmos as máscaras, ou levantássemos a voz, seriamos retirados a força; mais um abuso que nos sujeitamos, obedecendo mais uma vez tal condição, e assim permanecemos por quase todo o período que ali estávamos no plenário.

Soubemos de que comentaram o dia todo sobre o ato que iríamos fazer, por isso encontramos as portas fechadas, a guarda municipal reforçada, e o Coronel que mesmo não estando de serviço provocou, por suas atitudes, constrangimentos aos cidadãos que apenas queriam exercer o livre direito de manifestação, liberdade de expressão, em um protesto pacífico. Vimos o mesmo Coronel sair por uma porta próxima a mesa fformada da comissão, se dirigindo, discretamente, ao vereador Julio Protásio, nem ao menos a presidente da comissão, vereadora Julia Arruda, para confirmamos segundo informações dos próprios guardas da câmara que o próprio Julio Protásio mandou que fechassem as portas.


(*) Informações de que se trata do Tenente Coronel João Nogueira­ ­

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

III Forum de Luta Social Apartidário


III Forum de Luta Social Apartidário: para todos aqueles que querem construir focos de lutas sociais de cunho apartidário, independente e autônomo. O último foi interessante e colou uma galera legal. O próximo será dia 20/11/11 (domingo), as 14:00 hs no Bosque dos Namorados. Vamos construir a democracia direta e participativa!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Mídia

Político não morre de bala perdida - por Jessica Farias

Político não morre de bala perdida, porque polícia não vai procurar bandido onde está cheio!? Não invade o palácio central - e não tem como pegar bala perdida nem nos gestores inocentes... As forças armadas são obrigadas a defender a legalidade, quando deveriam defender o povo... Mas pra isso cidadão tem que fazer pressão e não aceitar repressão, só assim favela tem paz! Sou contra luta armada, sou contra violência aos movimentos sociais, sou a favor da voz do povo e de consciência politica pra quem deve ter lugar central em governos democráticos!

domingo, 13 de novembro de 2011

Povo da Terra, escutem...Soldados de quem somos?


Preso e Liberto

A necessidade de mudança
É igual a pretensão de liberdade
Que não é conceito algum - escrito
Que não é necessidade alguma - gritada
Mas um movimento instintivo - silencioso.
Não poderemos ficar presos
Por muito tempo as mesmas grades.
E se, mesmo presos, levarmos a prisão
Para onde a liberdade é apreciada.
São fatos, pois só existe cárcere
Aonde é ou se pretende ser livre.
Materializadas as grades a seus cativos,
Em campos de concentração modernos,
É o nosso infâme sistema que diz:
Todos os homens são iguais e livres.
A civilização universalisou muita coisa:
Apresentou a liberdade como realizada
Apresentou a "ordem" como intransponível,
Para assim eternizar a guerra. Desmoronará
Ou a ordem ou o sonho destes que sonham
E choram o peso sob que resistem.
Policiam-nos, pois as ideias são perigosas.

sábado, 12 de novembro de 2011

#parebelomonte: Belo Monte de crueldade


A mesma polícia que desocupa reitorias desalojou 600 índios, pescadores, riberinhos que protestavam no canteiro de obras da usina hidrelétrica de Belo Monte. 

Sobre achar... - por Pedro Germano

Atenção, amigos: achar que o problema da USP é a maconha; achar que o problema do Iraque era arma de destruição em massa; achar que a ditadura no Brasil serviu para salvar o país dos comunistas; achar que o Afeganistão foi invadido por conta dos terroristas; achar que regulamentar a mídia é o mesmo que censurá-la; SÃO FALÁCIAS (do tipo 'Red herring') que servem para mudar o foco da discussão (seja ela qual for), e esconder os interesses daqueles que usam a mídia para enganar. 

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

photo


A Luta dos estudantes, servidores e professores da USP é a nossa Luta!

Marilena Chauí fala, em ato de greve na USP pela democracia e livre pensamento na Universidade - 16 de junho de 2009.

 Parte 1



 Parte 2



 Reflitam melhor sobre o que está acontecendo na UPS!

#ferramenta: Google Transparency Report

Aos navegantes paranoicos quanto a censura on-line, vos digo: ESTÁS CERTO!

Uma ferramenta que deve de ser fixa em nosso mural e em nossa vida, uma ferramenta que deve ser divulgada e difundida: Google Transparency Report!

Bom proveito!
 "Como outras tecnologias e as empresas de comunicação, o Google recebe regularmente pedidos de agências governamentais e tribunais em todo o mundo para remover o conteúdo dos nossos serviços e entregar os dados do usuário. Essa ferramenta divulga os Pedidos do Governo, divulga o número de solicitações que recebemos de cada governo em períodos de seis meses relatórios com certas limitações."


#USP: SOBRE OS ESTUDANTES QUE OCUPAVAM A REITORIA DA USP E A JUVENTUDE DE TODAS AS ÉPOCAS- por Pedro Brendo

"Resistimos a invasão dos exercitos, não resistemos a invasão das ideias." Victor Hugo
SOBRE OS ESTUDANTES QUE OCUPAVAM A REITORIA DA USP E A JUVENTUDE DE TODAS AS ÉPOCAS

Sobre os adjetivos pejorativos que utilizam para caracterizar esses jovens inquietos, deixo as seguintes palavras:

O engraçado é olhar pra História e ver que às suas épocas os estudantes sempre foram tidos como vândalos, baderneiros, desocupados, "rebeldes sem causa" e tudo o mais. É extremamente irônico massacrar moralmente uma categoria para depois aplaudi-la e dizer que era motivo de orgulho, como fazem hoje com aqueles que lutaram contra a Ditadura MILITAR (pasmem, PMs são militares, mas parece que tem gente que não enxerga isso) e pelas Diretas Já.

Seria muito interessante pararmos para analisar os fatos em sua essência antes de reproduzirmos conceitos midiáticos que guardam em sua essência o pensamento da elite.

Acho que a sociedade sempre foi injusta com os jovens, agora é hora de deixá-los conduzir os processos, pois eles certamente sabem o que fazem e querer que o mundo siga como está, não passa de pura loucura.

É oportuno lembrar, também, que os jovens sempre buscaram mudar a sociedade para melhor. Mas essa, de forma burocrática e conservadora, sempre colocou dificuldades e chamou-os de imaturos. Porém, o mundo está do jeito que se apresenta, porque sempre se utilizou do domínio e da opressão, sob o manto da cautela.

Louco é sempre aquele que consegue ver e pensar diferente.

Não remeto aqui juízo de valor sobre o movimento, pois não conheço-o em sua essência. Mas deixo minha constatação de que considero extremamente injusto e hipócrita sairmos falando mal de uma organização quando não a conhecemos e, principalmente, quando não fazemos nada para mudar a realidade (que diga-se de passagem é gritantemente injusta) e defendermos nossos ideais, se é que os temos.

Meus pêsames, sociedade brasileira.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

#11Nnatal: Chega do silêncio perante as injustiças: 11.11.11



Convite: Vídeo+debate: COLAPSO - O FIM DA ERA DO PETRÓLEO

COLAPSO - O FIM DA ERA DO PETRÓLEO: vídeo-debate acerca do fenômeno "Pico do Petróleo" e a consequente extinção do petróleo e suas implicações sociais e econômicas.

QUANDO? 24 de Nov/2011, as 18:30 hs;

ONDE? auditório do IFRN (próx. ao Midway)

QUANTO? entrada livre.
 
Org. Grupo Piratas fantasmas 
piratasyfantasmas@gmail.com

#11Nnatal: Cultura Cyber - por Graviola Karen

A cultura 'cyber' internetistica imita a época do inicio do iluminismo, quando aqueles pensadores começaram a se tornar populares. ou seja, simplesmente compartilhavam suas ideias e com bons argumentos, além de contra argumentos, faziam mais pessoas compartilha-las e discutirem mais temas entre si.


segunda-feira, 7 de novembro de 2011

#11Nnatal Ensaio sobre os Meios de Comunicação - por Jady Tariane

Vou expor aqui para você um pequeno ensaio da minha humilde pessoa sobre 'meios de comunicação':
Meu primeiro questionamento serio sobre o mundo, surgiu por volta dos 7 anos, quando perguntei a minha mãe porque não pagávamos para assistir televisão. Sempre fui muito curiosa e observei que pagávamos tudo e que chegavam contas de tudo que tínhamos ou fazíamos em casa, menos da televisão, que era algo extremamente presente no nosso dia a dia. Isso me intrigou, e minha mãe não soube me responder.

Na escolinha, a "Tia" me ensinou que a TV era um dos meios de comunicação. Essa era, inclusive, uma das respostas certas, para a pergunta: "Quais são os meios de comunicação existentes? Resposta certa: Fala, escrita, tv, jornais, revistas, rádio.

A ideia da TV ser um 'meio de comunicação' sempre me incomodou. Porque na minha cabecinha "meios de comunicação" eram as formas utilizadas para que duas ou mais pessoas trocassem informações, como o telefone, a rádio e a internet. 

Em se tratando da televisão, jornais e revistas:
UM LADO passa a informação do jeito que lhe convir, manipulando as informações usando o artificio de enfase e omissão (baseado geralmente em interesses comerciais do próprio veículo informativo e de corporações/instituições associadas financeiramente aos donos do veiculo, como por exemplo: o Estado) e o OUTRO LADO apenas recebe passivamente essas informações. Sem possibilidade de dar uma resposta/retorno/feedback diretamente e com a mesma enfase e credibilidade do primeiro lado. Isso é INSERÇÃO e não TROCA. Ela promove o entretenimento vazio e a informação montada/fragmentada causando a alienação/estagnação da população.

Livros didáticos, mídias televisivas e jornalísticas não são mais as únicas fontes de informação hoje em dia (Graças ao Universo!). Por isso a humanidade está despertando. A informação finalmente chegou, e dessa vez de forma inédita: Ela pode ser diretamente questionada por todos nós! Através da internet. A Internet foi um tiro no próprio 'rabo' das corporações elitistas concentradora de renda, que vem mantendo a Humanidade a muito tempo, alienada e estagnada. Finalmente despertamos para a realidade. Não tememos mais, o Estado. Hoje, o Estado é quem nos teme.

Todas a mídias televisivas e jornalisticas infelizmente não fogem a essa tendência. O interesse exclusivo no LUCRO e na manutenção do PODER gera esse comportamento usurpador.

É por esses motivos e outros que não citei aqui, que joguei minha TV no lixo a 3 anos.
Que é o lugar onde toda TV merecia estar.

Não estenderei essa lavagem cerebral a meus filhos.
E não estimulo ninguém a prosseguir com ela.
 

sábado, 5 de novembro de 2011

Relatos - Plenária #foramicarla dia 04.11.11 - CMN

  • PLENÁRIA FORAMICARLA 04.11.11 - REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DO NATAL, APÓS ACOMPANHAR A CEI. 
  •  
  • -RODADA DE INFORMES
  •  
  • BIO COMENTA SOBRE O DIA 11.11.11  DIA PELA MUDANÇA GLOBAL - "II FORUM APARTIDÁRIO", ASSEMBLEIA POPULAR PELA DEMOCRACIA REAL EM NATAL.
  •  
  • THIAGO DEMONSTRA PREOCUPAÇÃO E PEDE ENCAMINHAMENTO PARA QUE SEJA FEITO GRUPO DE ESTUDOS SOBRE A REFORMA DO CODIGO FLORESTAL.
  •  
  • LARISSA CONVIDA O FORA MICARLA A PARTICIPAR DE UMA COLETA DE EMAILS DE MODO QUE POSSAMOS MELHOR ORGANIZAR NOSSAS PLENARIAS.
  •  
  • RENATA INFORMA QUE NO DIA 10.11.11 QUITA FEIRA DEBATE SOBRE RESITENCIA POPULAR COM O PROFESSOR DAVID. 
  •  
  • -AVALIAÇÃO
  •  
  • LARISSA ENCAMINHA QUE TENHAMOS UM MELHOR PLANEJAMENTO ESTRATEGICO COM RELAÇÃO A FORMA COMO FAZEMOS E PLANEJAMOS NOSSAS INTERVENÇÕES.
  •  
  • BIO ENCAMINHA QUE TENHAMOS A CONSCIÊNCIA DE EVITAR MARCAR NOSSOS ATOS PUBLICOS EM FERIADOS, DEVIDO A IMPOSSIBILIDADE DE ATRAIR A POPULAÇÃO.
  •  
  • MARCELO VIEIRA ENCAMINHA QUE RETOMEMOS O PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DE IDA AOS BAIRROS.
  •  
  • MARCOS AURELIO RETOMA A IMPORTANCIA DA RETOMADA DAS PLENARIAS CONSTANTES AFIM DE QUE POSSAMOS AMADURECER A NOSSA LUTA E CONVOCA UMA GRANDE PLENARIA ANTES DO FINAL DE ANO.
  •  
  • MARCO AURELIO INFORMA QUE NA TERÇA FEIRA DIA 22.11.11 QUE HAVERÁ A ASSEMBLEIA GERAL DOS ESTUDANTES   - ESPAÇO DE INTERESSE DO MOVIMENTO, E PROVÁVEL INCLUSÃO DE PAUTA. 
  •  
  • MELAYNE MACEDO ENCAMINHA QUE SEJA FEITO UM CONVITE A TODOS OS MOVIMENTOS SOCIAIS PARA QUE ELES PARTICIPEM DA GRANDE PLENARIA E SUGERE O DIA 8.11.11, TERÇA FEIRA, PARA QUE ELA OCORRA.
  •  
  • THIAGO AGUIAR ENCAMINHA QUE PENSEMOS UMA NOVA METODOLOGIA PARA NOSSAS PROXIMAS PLENARIAS.
  •  
  • SÁBADO E DOMINGO HAVERÁ UM EVENTO NO CENTRO DE CONVENÇÕES, REALIZADO PELO AA (ALCCÓLICOS ANÔNIMOS), NO INTUITO DE TRATAR O TEMA DE DROGAS NO CENTRO DE CONVENÇÕES.

Arquivo do blog