quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Cidadão perfeito em nove passos

CIDADÃO PERFEITO, em nove passos

1° Recusa-se a aceitar a hipotese que esteja SENDO USADO pelo sistema para favorecer uma minoria sem escrupulos.

2° encha-se até cair de bebeidas alcoolicas, encha seus pulmões de fumaça toxica e seu nariz de pó,MOSTRE SUA CORAGEM AO MUNDO !

3° desperdice seu tempo ao maximo, mesmo sabendo que ele NUNCA IRÁ VOLTAR !

4° escute musicas que glorifiquem o crime, as drogas e trate as mulheres como objeto, VOCÊ NÃO TEM MÃE, drogas são boas eo crime compensa.

5° acredite sem questionar nas noticias dos jornais, GLOBO É UMA ÓTIMA OPÇÃO, é claro que as noticias não são selecionadas e modificadas para agradar aos poderosos e te transformar em um fantoche.

6° seja cliente preferencial dos FAST FOODS, as comidas de lá são extremamente saudavéis, os animais não são torturados e mortos de forma brutal.

7° eduque seus filhos com base na frase: faça o que eu digo não faça o que eu faço, defenda-o mesmo que ele estaja errado, MINTA BASTANTE na frente dele, assim ele será um adulto cheio de ética ao crescer.

8° esteja sempre na moda, e COMPRE TUDO O QUE VER, adote a postura de personagens de novela das oito, de valor a marcas caras esqueça o sofrimento que passam as pessoas que fazem isto que está nos seus pés, alimente os grandes poluidores do mundo.

9° sejá um FANÁTICO, por futebol, musica, religião e tudo que para você sejá a verdade absoluta, grite ! chingue ! e bata ! nas pessoas com opniãos contrarias as suas.

SEGUINDO ESSES PASSOS VOCÊ SERÁ UM CIDADÃO PERFEITO, DO JEITINHO QUE OS PODEROSOS QUEREM.

VAI LÁ VOCÊ CONSEGUE!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Convite: Consciente Coletivo #Anonymous Brasil


Como vocês podem chegar até a nossa Inteligência Coletiva: ID:1985112 - Os estão se comunicando por lá.

Caro Visitante, seja bem vindo à Ideia Anonymous.

Para que você compreenda o que é exatamente o Anonymous, recomendamos a você ver primeiramente esse video: "O que a Anonymous? O que é o Plano?"

Logo depois você pode tirar as duvidas sobre o Anonymous com as outras pessoas que tiverem online e que te darão uma maior abrangencia sobre o Anonymous.

Vocês também podem ler tudo sobre Anonymous no site . Somos um, divididos por zero.

Eu sou Anonymous.
Você é Anonymous.
Nós somos Anonymous.
Nós somos Legião.
Esperem por nós.

O Natal da #Anonymous - Merry LuIzXmas

http://pastebin.com/q5kXd7Fd - Google Traduto (desconsiderem os erros de interpretação)

Nós realmente esperamos que você esteja desfrutando as festividades Lulzxmas até agora. Os dons que AnonSanta deixou debaixo da árvore LulzXmas são apenas o começo. Enquanto falamos, seus ajudantes no Pólo Norte estão preparando seu trenó de batalha do Lulz com mais guloseimas para lhe trazer alegria LulzXmas durante toda a semana. Alegria na forma de mais de 500 mil dólares sendo expropriados dos clientes bigshot da Stratfor. Você não acha que nós vamos terminar 2011 sem um BANG, não é?

 
No entanto, se você é uma das centenas de milhares de clientes da Stratfor [Un] Global Intelligence, você provavelmente acordou na manhã de Natal para encontrar montes de queima de carvão em sua meia. Mas não se preocupe. Ter conforto no fato de que pelo menos você não está como George Friedman ou como qualquer um dos Stratfor TI caras agora.

 
Nós criamos o caos. Criamos caos. Nós calçamos as empresas que pisão, que jogam e brincam com informações de seus clientes particulares e sensíveis. Nós trazemos a dor para whitehats gananciosos dispostos a virar para um centavo em folhas de pagamento do governo. E não se preocupe, há muito mais estragos na loja para o resto da semana. Então, lance um log no fogo, pegue um pouco de chocolate quente e se preparam para uma longa semana de lulz.

Você teve saques diversão e pilhagem do bolso dos ricos e poderosos? Como não rir com a reação de alguns de seus clientes butthurt. Nós LOL'd rígido quando pobre Cody Sultenfuss, proprietário do rancho e empregado DHS, que perguntou "Por que eu?" e quando Allen Barr, apenas se aposentou do Departamento de Texas da Banca, exclamou: "Isso me fez sentir terrível. Fez minha esposa se sentir terrível." Deixe-nos não esquecer querido velho Victor Gebilaguin, que postou o seguinte no Facebook Stratfor parede em defesa da empresa: ". Os hackers devem ser baleados, em seguida crucificados de cabeça para baixo em público" Bem, desde que você se sinta tão forte, sobre isso. Espero que você não se importe, realmente cara, grita-nos um rio. Então vá e preencha o nosso formulário Butthurt para todos os fins, para que possamos entrar em contato com você imediatamente. O seu feedback é importante para nós. Obrigado.

Curiosamente, uma coisa que notei na precipitação deste hack foi catastrófico que Stratfor, contratando não um, mas dois consultores externos para tentar salvar os seus jumentos, pena fora do buraco de uma cova cavamos-los. Proteção contra roubo de identidade Top? Consultor de segurança profissional? Vamos ver como isso funciona para você, se você nunca se atrevem a colocar seus servidores novamente on-line novamente. Até então, nós estaremos assistindo e esperando. E rindo, é claro.

Agora que você tem notificado os seus clientes desta falha de segurança enorme, poderemos ter que pegar o ritmo de liberação de informações das pessoas com cartão de crédito. Assim, vamos começar o dia depois do Natal com o pé direito, largando um terço do alfabeto maldito. Como é que uma queda de 30 mil nomes adicionais, cartões de crédito, endereços, números de telefone e som md5 hash de senhas? Soa como uma calamidade financeira para nós. E assim como os mercados estão se abrindo os EUA após o fim de semana do feriado? Pode ser um problema.
 
 
Mas espere! Isso não é tudo pessoal. 0h inferno n0. Amanhã, estaremos soltando outro despejo enorme em nosso próximo alvo: o banco de dados do cliente inteiro de um militar linha e armazenar lei fornecimento execução. Trazer a dor? Merda, trouxemos o tumulto do puto. Você realmente tentar este passo isso?

 
Claro, isso tudo poderia ser evitado. Você deu o nosso camarada Bradley Manning sua festa férias, no entanto, em um restaurante chique de sua escolha? Melhor deixar isso acontecer, o capitão.

 
Vamos acabar LulzXmas festividades de hoje, jogando em 25.000 bilhetes do banco de dados de suporte it.STRATFOR.com online. Provavelmente não é tão controverso quanto o conteúdo de seus carteis, e-mails privados, que nós vamos estar lançando mais tarde, mas talvez ele irá lançar alguma luz sobre o quão ignorante esta empresa é realmente, quando se trata de segurança de banco de dados.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Anonymous convoca cidadãos a ação no Pará

Aos cidadãos do Pará, porém serve para todos os brasileiros. Acorda Brasil! 

O Natal do Chico

Natal para mim não deveriam ser dados presentes materiais mas presentes espirituais, amizade, amor, solidariedade, compreensão, tolerância... sentimentos que não são objetos... e que são duradoruas, eternos para a alma. Então o espírito do Natal seria diferente. E ele seria vivenciado no dia a dia. Feliz Natal de todo dia!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Quanto você ganha?

Depois de em média 40 anos trabalhando para ganhar um salário mínimo, político depois de 8 anos de "ofício" político, se aposenta com salarial integral de 26 mil reais. Sustentamos eles como um povo escravo sustenta uma monarquia sanguinária. Esses canalhas ainda querem respeito? 

Salário: R$ 26.700,00

Ajuda Custo: R$ 35.053,00

Auxilio Moradia: R$ 3.000,00

Auxilio Gabinete: R$ 60.000,00

Despesa Médica pessoal e familiar: ILIMITADA E

INTERNACIONAL  (livre escolha de medicos e clinicas).

Telefone Celular: R$ ILIMITADO.

Ainda como bônus anual: R$ (+ 2 salários = 53.400,00)

Passagens e estadia: primeira classe ou executiva sempre

Reuniões no exterior: dois congressos ou equivalente todo ano.

Corrupção: A COMBINAR !!!

Custo médio mensal: R$ 250.000,00

Aposentadoria: total depois de 8 (oito) anos e com pagamento integral.

Fonte de custeio: NOSSO BOLSO!!!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

@MiltonNeves: "e eu com isso."

 
Questionou-se a Milton Neves, repórter esportivo, persona que recebeu TÍTULO DE CIDADÃO NATALENSE das mãos do vereador presidente da Câmara Municipal @EdivanMartins, em virtude do problema social que ocorre em Natal, destacando a questão da luta pela moradia digna, que está também dentro dos problemas gerados pela Copa do Mundo - "Sobre as famílias despejadas da comunidade Mor Gouveia RT @MiltonNeves : @OccupyNatal e o que tenho com isso, comunista romântico?"
 Milton Neves, de forma provocante, debochada, em relação a uma problemática tão séria em nossa cidade, pois, dezenas de famílias estão sendo ameaçadas de serem expulsas de suas "casas" (obras atrasadas que ainda não foram entregues pela incompetência e corrupção do Estado), para literalmente passar o Natal na rua, completamente desamparadas - Revelou o repórter, que não merece o título de cidadão do Natal, título este conquistado, segundo o que escreveu em seu próprio twitter: " Pela Lupo, EMS e ônibus do ABC e pela ÚNICA divulgação net que o futebol e o estado tiveram por 2 anos na mídia nacional."  Que ego!
Senhor Milton Neves, essa foi sua grande contribuição ao povo de Natal? Serviços prestados aos grandes magnatas do futebol de nosso Estado? Nada que, verdadeiramente, em prol da população natalense, sequer uma reforma me uma quadra, um ginásio, bolas, redes de volei, muito menos incentivo a programas sociais de Esporte aqui em Natal, tão necessitados de apoio e patrocínio, retirando crianças e jovens das drogas, dando o que mais falta a elas, esperança. 
Ao contrário, demonstrou frieza, demonstrou desprezo com o povo, de posse de um título que não merece, não é capaz de honrar e ter a moral do cidadão natalense, e não ter a ideia de viver o peso da opressão, em que vivemos. Mais uma quimera dentro do jornalismo tradicional esportivo do Brasil, dentro da nossa realidade, revive-se o pão e o circo dos antigos - jornalismo acrítico, que prega desiformação e aliena!
Nossa cidade vive diversos abusos do Poder Público, seja aos direitos humanos ou ao meio ambiente, como a grama do machadão nas Dunas, ainda temos que aturar esse cinismo de pessoas que não tem o mínimo de consciência: pessoa pública e formadoras de opinião? Vergonha nacional. O Senhor não é cidadão natalense!
 
 O povo sofrido de Natal não deve nada a você, muito menos gratidão!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Derrota do povo de Natal

Repúdio ao vereadores que se abstiveram e foram contra o impeachement da prefeita Micarla de Sousa, são eles: Ney Jr. (DEM): abstenção. Júlio Protásio (PSB): abstenção. Maurício Gurgel (PHS): abstenção. Assis Oliveira (PR): abstenção. Bispo Francisco de Assis (PSB): abstenção. Adenúbio Melo (PSB): contrário. Aquino Neto (PV): contrário. Edivan Martins (PV): contrário. Chagas Catarino (PP): contrário. Dickson Nasser (PSDB): contrário. Heráclito Noé (DEM): contrário. Enildo Alves (DEM): contrário. Albert Dickson (PP): ausente. 

Repúdio a mídia tradicional, que pertence aos oligarquias que apoiam Micarla de Sousa, destacando TV Tropical do senador José Agripino (filiada a Record, ); TV  Ponta Negra de Micarla de Sousa e InterTV, influenciada pelso políticos Henrique Alves e Rogério Marinho. 


Até quando você vai ficar levando porrada, sem fazer nada?

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Carnatal

Por Marcel Vital

O Nome já é de extremo mal gosto. 
 
Impressiona-me como o evento é artificial, comercial, enganador. Trata-se de um evento de uma empresa privada, totalmente apoiado pelo poder público, ou seja por nós, para benefício de poucos. Vejamos o apoio ofertado pelo poder público: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, STTU, DETRAN, Hospitais, SAMU, Guarda Municipal, iluminação pública, Limpeza Urbana, etc, etc. 
 
Não se tem idéia desse custo. Atentem para algumas coisas relevantes: Economicamente é uma grande sangria para a nossa cidade, senão vejamos: As camisetas são fabricadas na Bahia. Mas o dinheiro sai daqui. ( nem isso nós ganhamos). Os músicos e os famigerados trios elétricos levam todo o dinheiro, fortunas, para fora do estado. Saem rindo do povo, não cantam quase nada, é só "mãos para cima", "sai do chão"... "para a direita"... "para a esquerda", e o povo obedecendo imbecilmente, dá pena tamanha ignorância. 
 
Até problema social, que o governo deveria atentar, existe. A população gasta sem poder, deixa de comer, pais pobres assalariados passam 10 meses pagando uma roupa ridícula que chamam de abadá, pressionados por seus filhos. Gerando problema financeiro dentro de casa. Não se enganem. Poucos podem arcar com o custo do Carnatal. Se é problema de cada um? Será mesmo? Será que o problema social não é de todos e do governo, principalmente? A empresa privada que promove o evento fatura de todos os lados. Tudo é patrocinado. Teria que pagar muito imposto em razão disso. Por que será que é apoiada pelo governo? E ainda diz que promove desenvolvimento e gera emprego.... Durante 4 dias? Que emprego? segurar corda ? 
 
A prostituição é grande, em média, são 40 estupros (que não são divulgados) em cada temporada. Quantas jovens já tiveram e vão ter filhos, sem saber quem são os pais; quantos(as) jovens entraram no mundo das drogas, através do carnatal. 
 
O prejuízo social é imenso. O prejuízo do comércio é grande. Enorme. Converse com alguém do empresariado responsável. O estado fica mais pobre. Este evento, para que houvesse benefício para a cidade, deveria ser taxado fortemente - seja na forma de IPTU - ISS - ou outro que o valha. E o dinheiro que a empresa organizadora arrecada? Para onde vai? É declarado para ser taxado pelo I.R.? Seus sócios declaram? É aplicado em nossa cidade ou também sai para investimentos financeiros? Dizem que a cidade ganha em prestígio, que aumenta o turismo futuro, etc. Alguém tem como provar essa afirmação? Demonstrar publicamente uma contabilidade disso tudo? 
 
É evidente que durante o evento, alguns seguimentos conseguem bons frutos. Motéis, Bares, Restaurantes, Hotéis, vendedores ambulantes, etc. Ok. Mas apenas durante o evento. E depois? Não haverá um grande intervalo para novos faturamentos? face à sangria que houve no período? O assunto é relevante. Deve ser mais bem discutido. Sem emocionalismos. E o transtorno para a população em torno? o trânsito que vira um inferno nas adjacências? A tranqüilidade de nossa cidade? Nada disso importa? 
 
É no mínimo estranho o fato dos processos barrarem na justiça, sem solução e/ou engavetados, beneficiando unicamente a Destaque em detrimento da população que é a única prejudicada. A título de informação a justiça deu ganho de causa ao povo de Recife, Fortaleza e outros estados. Mas em Natal...! Se concorda, repasse esta mensagem para a maior quantidade de pessoas que você conhece, quem sabe a exemplo de outros estados essa FALSA festa acabe. Se não concorda, é só deletar. Mas antes de ser contra ou a favor apenas emocionalmente, procure ler outra vez e fazer uma análise sem paixão. Mesmo que você goste do evento.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Seja você mesmo

Por Leke

Seja você mesmo o mestre da sua cabeça.

80% das pessoas formulam suas crenças de acordo com ideias de outras pessoas, conduzindo a ignorância. E somente 20% utiliza a aprendizagem baseada na lógica e na própria avaliação. Olhar além do senso comum muitas vezes esta fora do alcance ou da imaginação da ambição das pessoas.
“Fazer perguntas originais para chegar a respostas autenticas.”

Ambas, religião e politica são formas de pensamentos coletivos. Patriotismo e fé são palavras sofisticadas, que em ultima instancia reluta em submissão cega. Supostamente será considerado heresia ou antipatriotíssimo questionar essas palavras, então, o medo de questionar tem forçado a pratica do pensamento coletivo, se é bom pra você também vai ser pra mim. Onde uma única pessoa pensante pode levar o restante do grupo à submissão. Você sozinho será questionado, agora tente questionar um grande grupo de pessoas.  Quer um exemplo? O próprio Jesus questionou o sistema de sua época, politico e religioso.

Enquanto as pessoas forem escravas de suas vidas, não vão ter tempo de pensar, televisão, jornal, a mídia no geral vai pensar por você. Assim as ideias vêm pré-formuladas “mastigadas” fazendo que se perca o abito de pensar e questionar.

Maquete

Já imaginou se nascessemos
Com código de barra?
Se nascessemos como os bonecos de borracha?
Embutidos programas de voz,
Movidos a pilha, estrupiados
Se nos apertassem, soltando o som das palavras,
Para que fomos programados...
Já imaginou se nascessemos de uma fábrica?
Feitos de materiais sintéticos, embalados 
Defeituosos, descartados.
Códigos de barra, números de registro
Pesquisa de público-alvo.
Brinquedos de luxo nas mãos de artistas
Brinquedos usados nas mãos dos rotos.
Personagens sem vida, malogro
Estorvo, sujeira, descartável.
Todo nascituro é indigente
Toda morte, todo fim, desconhecido.
Que pesadelo, por que somos nós?
Abandonados no mar profundo,
A cadeia da terra é o perene azul do céu.
É maior o espaço que temos.
O maior espaço que conquistamos.
A consciência liberta é o cômodo maior
Que a pequenez da sociedade delirante.



domingo, 11 de dezembro de 2011

NEM FOI PRESO

nem foi preso
lavou o dinheiro no banco da suiça
nem foi preso
se elegeu comprando votos do povo
nem foi preso
desviou verba da merenda escolar
nem foi preso
utilizou do poder pra empregar seu irmão
nem foi preso
fez o seu laranja ganhar a licitação
nem foi preso
pagou propina pra fiscalização
nem foi preso
bebeu, dirigiu mas pagou o suborno
nem foi preso
matou com seu carro importado de luxo
nem foi preso
ficou milionário com trabalho escravo
nem foi preso
roubou a galinha pra matar sua fome
foi preso. nem foi julgado

por: Bruno Berg

Em o que você quer se transformar?







Não somos mercadorias!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Por que não sair da caverna?


O medo

É através do medo
Seu início, meio e fim
O medo que mantém submissos
O medo que aprisiona
O medo de perder
O medo do caos
O medo de não ter futuro
O medo de sair da ilusão
O medo de não ter dinheiro
O medo da verdade
O medo da justiça
O medo da igualdade
Vive-se de medo.
O medo que mantém submissos!

Para de pensar que existe solução dentro do sistema!

A fraude do dinheiro

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Não nos calarão!

Leonardo Miranda é natalense e tem apenas 23 anos, mas uma anônima, intensa e apartidária militância política. Foi um dos militantes que ocupou a Câmara Municipal do Natal por 11 dias, entre 7 e 16 de junho de 2011, tendo resultado na instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito dos Contatos (CEI dos Contratos). Durante esse período, Leonardo integrou a Comissão de Ciranda, responsável por cuidar das crianças e adolescentes, filhos das famílias pertencentes ao MLB (Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas) e MST (Movimento dos Sem Terra), que também se uniram ao acampamento.

 Enquanto atuava na Ocupação da CMN, Leonardo dividia seu tempo entre a luta da manifestação - que cobrava dos vereadores seu devido trabalho de investigar as muitas irregularidades cometidas na atual gestão municipal, chefiada pela prefeita Micarla de Sousa (PV) - e seu trabalho de conclusão do curso de Pedagogia (UFRN) sobre o Portal do Professor - site do Ministério da Educação que tem o objetivo de auxiliar os professores de todo o país no sacerdócio da educação.

Finalizada a ocupação da casa legislativa da capital, Leonardo Miranda mudou seu endereço para o acampamento que foi montado em frente à sede da Governadoria do Rio Grande do Norte, no Centro Administrativo, que ficou conhecido como #LevantedoElefante, protesto contra o contingenciamento de verbas para a Educação, aplicado pela governadora do Estado, Rosalba Ciarlini (DEM), por sete dias.

Este protesto, também articulado pelas redes e mídias sociais, se deu em consequência do deslocamento dos estudantes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) que ocuparam, simultaneamente ao #ForaMicarla, o Diretório Regional de Educação de Mossoró. Esse movimento ganhou o nome de COMEM, e durou vinte e cinco dias.

Durante os meses seguintes, Leonardo persistiu e tentou acompanhar in loco os trabalhos da CEI dos Contratos, que foi instaurada por força da Ocupação da Câmara, em junho. Entretanto, em muitas ocasiões, os vereadores ordenavam que as portas da Casa fossem fechadas durante as sessões da Comissão Especial de Inquérito.

Em um dos raros dias em que conseguiram adentrar à Casa do Povo, os manifestantes - portando faixas e cartazes - gritaram pelo impeachment da prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), assim como protestaram contra a lentidão da Justiça em julgar a Operação Impacto, processo criminal que tem como réus vários vereadores da Câmara Municipal do Natal.

Eles receberam propina de grandes construtoras para derrubar vetos do ex-prefeito da cidade sobre o Plano Diretor. Essas empresas desejavam construir imensos edifícios em áreas não adensáveis – muitas delas demarcadas como áreas de proteção ambiental.

Ao chegar em casa, Leonardo postou mensagens em seu perfil no Twitter, em tom de desabafo, dirigidas ao vereador Júlio Protásio (PSB), relator da CEI dos Contratos da Prefeitura de Natal e um dos principais réus da Operação Impacto, cuja a cassação foi pedida pelo Ministério Público. Ele disse pela rede de microblogs que o vereador seria um "verme" e um "canalha".

No momento, Leonardo está impossibilitado de andar e sequer sair da cama, pois passou recentemente, em 29 de novembro, por uma cirurgia delicada para reparar os ligamentos do joelho esquerdo, contusão comum no futebol, uma de suas paixões. Desempregado, Leonardo conseguiu concluir seu curso superior de Pedagogia, mesmo após um ano de intensa dedicação à sua militância social. Torcedor do Corinthians, ele tem como ídolos o educador Paulo Freire e Dr. Sócrates, cujos pensamentos auxiliam em seu processo de formação e evolução pessoal.

Em razão de suas declarações no Twitter, Leonardo está sendo processado por danos morais pelo vereador Júlio Protásio, que cobra uma indenização no valor de R$ 21 mil (Vinte e um mil Reais). O pedagogo diz que não se sente intimidado, tampouco demonstra medo. E afirma que o parlamentar sempre procurou intimidar manifestantes e impedir que eles tenham voz.

A notícia do processo já corre aos quatro cantos e, na internet, o assunto tem sido destaque nas redes sociais e não chega a dividir opiniões. Em sua maioria, os comentários se mostram indignados com a atitude do vereador de destinar tempo ao que ele chamou de “agressões pessoais pelo Twitter”.

Militantes, inclusive, lançaram as campanhas #TodosSomosLeonardo e #MeProcessaJúlioProtásio, no Twitter, em apoio ao militante e à liberdade de expressão, assim como para arrecadar o valor da indenização em moedas. O parlamentar ainda ganhou um perfil no microblog em sua homenagem, batizado de @JúlioImpacto.

Se você também se indigna com a atitude do vereador, twitte, blogue e link este assunto. Afinal, a democracia não pode ser uma ilusão.

link: http://primaverasemborboleta.blogspot.com/2011/12/nao-nos-calarao.html

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Partidos e Anonymous

O movimento não é representado por partidos e grupos coligados; precisamos dialogar com as pessoas, não com bandeiras, sem rótulos, sem interesses partidiários que se atacam. Queremos algo novo, nenhum partido representa a totalidade do povo, se representassem não estariamos como estamos.

O é uma ideia, as pessoas que aderem essa ideia formam um movimento, não há líderes, não há cúpulas. Somos uma organização civil, somos um ato político, não um partido. Queremos quebrar paradigmas, não acreditamos na estrutura partidária, não menos corrompida pelo sistema político que combatemos!

Nós não esquecemos @JulioProtasio

Denúncia da propina está na Justiça
Victor Vidal

Depois de um ano de investigações da Polícia Civil e do Ministério Público, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte recebeu a denúncia resultante da Operação Impacto e abriu processo contra 22 pessoas acusadas de participação num esquema de pagamento de propina a vereadores para garantir a derrubada de vetos do prefeito Carlos Eduardo a emendas do Plano Diretor de Natal, durante votação na Câmara Municipal, em julho de 2007.

Treze vereadores foram denunciados pela prática do crime de corrupção passiva: Emilson Medeiros, Dickson Nasser, Geraldo Neto, Renato Dantas, Adão Eridan, Adenúbio de Melo, Aluisio Machado, Carlos Santos, Júlio Protásio da Silva, Aquino Neto, Edson ""Sargento"" Siqueira, Salatiel de Souza e Edivan Martins. Pelo mesmo motivo, foi denunciado o suplente de vereador Sid Fonseca, que na época da votação substituía Adão Eridan na Câmara.

Apontado como um dos corruptores do esquema, o empresário Ricardo Abreu, proprietário da Abreu Imóveis, foi denunciado por corrupção ativa e lavagem de dinheiro. Outras pessoas do seu vínculo familiar e profissional também foram indiciadas: sua esposa Cristiana Barreto do Amaral Abreu, por corrupção ativa; os advogados José Cabral Pereira Fagundes e Joseilton Fonseca da Silva; e o consultor imobiliário João Francisco Garcia Hernandes, todos acusados de lavagem de dinheiro.

Também foram denunciados por corrupção passiva três funcionários públicos lotados na Câmara Municipal de Natal: Klaus Charlie Nogueira Serafim de Melo, assessor de Emilson Medeiros; Francisco de Assis Jorge de Souza, do gabinete de Geraldo Neto; e Hermes Soares Fonseca, assessor do presidente da Câmara Dickson Nasser. Eles, segundo a denúncia, foram incumbidos pelos seus superiores hierárquicos de cumprirem a ordem manifestamente ilegal de arrecadação da vantagem indevida e distribuição do dinheiro pago pelos empresários.

O relatório do MP diz que, no curso do processo legislativo de elaboração do novo Plano Diretor de Natal, durante o primeiro semestre e início do segundo semestre de 2007, os vereadores denunciados pelo Ministério Público aceitaram promessa de vantagem indevida para que, no exercício dos mandatos, votassem conforme os interesses de um grupo de empresários do ramo imobiliário e da construção civil ""que se formou para corromper, mediante pagamento de dinheiro, as consciências dos representantes do povo natalense"".

Os promotores afirmam que os vereadores foram estimulados pelo oferecimento e a promessa da vantagem indevida, em valores iguais ou superiores a R$ 30 mil para cada um deles, obedecendo a uma tabela previamente escalonada de valores. ""Formaram um grupo coeso que se articulou entre si durante todo o processo legislativo mencionado sob a promoção, organização e direção do denunciado Emilson Medeiros dos Santos, que, como Engenheiro Civil, em face das suas relações pessoais com empresários dos ramos da construção civil e imobiliário, funcionou como elo de ligação entre os edis e os empresários"", diz um trecho da denúncia.

O MP atribui ao presidente da Câmara, Dickson Nasser, o que seria a segunda posição na hierarquia do esquema, tendo papel inferior apenas a Emilson Medeiros. Além disso Nasser é acusado de promover e organizar a cooperação no crime e dirigir a atividade dos demais agentes. Segundo o MP, em razão da aceitação da promessa da vantagem indevida, os vereadores denunciados votaram, com êxito, conforme acertado com os empresários corruptores, pela rejeição dos vetos do Chefe do Executivo às emendas parlamentares ao Plano Diretor de Natal, na sessão da Câmara Municipal do dia 03 de julho de 2007.

CORRUPÇÃO
De acordo com a denúncia, o empresário Ricardo Abreu e sua esposa Cristiana Abreu ofereceram e pagaram de R$ 100 mil aos vereadores denunciados por meio de dois cheques de R$ 50 mil. Os pagamentos foram ordenados por Ricardo Abreu, na qualidade de dirigente da pessoa jurídica Abreu Imóveis, e assinados por Cristiana Abreu, favorecendo nominalmente Francisco de Assis Souza, assessor de Geraldo Neto, que teria sido destacado para esse fim pelo grupo de vereadores do suposto esquema.

Os denunciados José Cabral Pereira Fagundes, João Francisco Garcia Hernandes e Joseilton Fonseca da Silva, em co-autoria com Ricardo Abreu, são acusados de forjar um contrato de compra e venda de imóvel com o propósito de dissimular a movimentação, a origem, o destino e a natureza do dinheiro pago aos vereadores.

Segundo a denúncia, para forjar a transação, Ricardo e Cristiana Abreu emitiram dois cheques de R$ 50 mil em favor de Francisco Assis Jorge de Souza, que figura como vendedor de um apartamento no edifício Riomar, na Avenida Deodoro da Fonseca, em Natal. João Francisco Garcia Hernandes e Joseilton Fonseca da Silva apresentam-se como testemunhas no documento. Ricardo Abreu consta no documento como comprador do imóvel.

O documento de compra e venda, cuja cópia foi apresentada na denúncia, foi apreendido em diligência de busca e apreensão na residência Ricardo Abreu no dia 27 de julho do ano passado. Segundo o MP, o mesmo documentofirmou-se como álibi de Ricardo e Cristiana Abreu no inquérito policial a explicação de que os referidos cheques, no valor total de R$ 100 mil significaram a primeira parcela do pagamento da suposta compra do apartamento de José Cabral Pereira Fagundes, ""dissimulando, como se fora negócio lícito, a movimentação, a origem, a destinação ilícita e a natureza dos valores pagos aos vereadores"", denunciam os promotores.

Entidades de Mãe Luíza deflagram denúncia
No dia 7 de maio de 2007, o Ministério Público iniciou investigações para apurar denúncias publicadas na imprensa e uma representação formulada pelo Fórum de Entidades de Mãe Luíza dando conta de um suposto esquema de corrupção de vereadores para aprovação de emendas ao projeto de lei do novo Plano Diretor de Natal. As especulações ganharam contornos reais no dia 28 de junho, quando a procuradora do município Marise Costa procurou o Ministério Público para relatar uma conversa que teve com o suplente de vereador Sid Fonseca, na época substituindo Adão Eridan, que estava de licença médica.

Em depoimento, a procuradora contou que no dia 27 de junho foi procurada por Sid Fonseca para tratar sobre a votação do Plano Diretor. Ele denunciou à procuradora que estava sendo pressionado por Adão Eridan para votar contra o veto do prefeito a três emendas do projeto de lei. Isso porque, segundo o relato, havia um esquema armado na Câmara para derrubar os vetos em troca de dinheiro. Sid contou a ela que Adão Eridan estava o pressionando porque já tinha acertado o voto e queria receber o dinheiro do acordo. Segundo o relato de Sid Fonseca, Adão Eridan disse que estava com pendências financeiras e precisava receber os R$ 15 mil acertados.

Diante dos fatos relatados pela procuradora Martise Costa, o Ministério Público expediu imediata requisição de inquérito policial à Delegacia de Defesa do Patrimônio Público e requereu ao Poder Judiciário, no dia 29 de junho, a interceptação de comunicações telefônicas de 16 dos 21 vereadores do município, indicando os números telefônicos cadastrados junto ao Cerimonial da Prefeitura Municipal de Natal. Somente nesta denúncia são reproduzidos 114 diálogos entre os denunciados.

No dia 11 de julho de 2007, o MP e a Polícia Civil deflagaram a Operação Impacto, que culminou de imediato em 16 mandados de busca e apreensão nos gabinetes parlamentares, residências e um escritório dos vereadores Dickson Nasser, Geraldo Neto, Adenúbio Melo, Renato Dantas, Emilson Medeiros, Júlio Protásio, Salatiel de Souza e Sargento Siqueira.

Além de documentos, CD"s e computadores, foram apreendidas quantias em espécie no valor de R$ 77 mil na casa de Geraldo Neto, R$ 12,4 mil na casa de Emilson Medeiros e de R$ 5 mil embaixo do tapete do carro de Sargento Siqueira. Com a autorização da quebra do sigilo telefônico de 16 dos 21 vereadores, o MP conseguiu interceptar diversos diálogos nos quais tratam da divisão do dinheiro relativo à propina acertada anteriormente que levaram os promotores a confirmar a existência ""do grave esquema de corrupção"".

No decorrer das investigações, o delegado Júlio Rocha descobriu ramificações e chegou a cumprir mandado de busca e apreensão na sede da Abreu Imóveis, na casa do proprietário da imobiliária, Ricardo Abreu, e no escritório de contabilidade da empresa. Depois, Ricardo Abreu e sua esposa prestaram depoimento. O delegado também ouviu vários assessores de gabinetes da Câmara Municipal.
 

Julio Protásio ou #julioimpacto

O vereador Júlio Protásio, mais conhecido entre nós, e para melhor distinção, por #julioimpacto, está processando ocupante da câmara Leonardo Sinedino. Divulgaremos!

Problema de energia? #opamazonia

Em um grupo de discussão tecemos algumas considerações sobre o que representa a construção de Belo Monte. O problema é de energia?
Debatemos que o Problema do Brasil não é fonte de energia elétrica, se tratando de renovável, mas NÃO SUSTENTADA hidréletrica - e se fossemos pensar o grande potencial solar e eólico do Brasil, fontes que permanecem alienadas a uma lógica econômica que serve atualmente ao grande capital nacional e internacional destrutivos: veríamos que são mais viáveis, pensando os custos econômicos, sociais e ambientais, que o paradigma das hidréletricas.
Vimos o grande disperdício de energia só na transmissão, pois as instalações de transmissão brasileiras são velhas e inadequadas, ou seja, são mal feitas, ocorrendo o chamado efeito Jaule, a perda de milhões de kw, desde da sua produção até chegar a casa das pessoas; ademais o consumo inconsciente de brasileiros estupidamente sem informação, o disperdício que não só se refere a eletricidade, mas a água, alimentos etc, por sinal, ideia que também justifica a estupidez da construção de Belo Monte, a primeira de um projeto que pretende massacrar as florestas e os povos que dependem dela - E NÓS DEPENDEMOS DAS FLORESTAS?
Primeiro, a usina que abrirá estradas, clareiras no meio da mata, facilitará o transporte da madeira que é retirada ilegalmente da floresta, pois não existe fiscalização; segundo, o interesse das empreiteiras que se beneficiarão e se beneficiam das obras superfaturadas, as mesmas construtoras que apoiam as campanhas políticas em tempos de eleição, e do atual governo. A exasperada demarcação de terras que está fazendo o governo federal e a presença de algumas, estrageiras, pseudo ONGs (não são todas) na região amazônica não revela os seus reais propósitos... 
Reafirmo o grande interesse sobre a maior reserva de nióbio do mundo (98% está aqui) na Amazonia, a matéria-prima necessária a formação das ligas metálicas: Europa, EUA, China, são 100% dependentes desse elemento. 55% do nióbio extraído é subfaturado, oferecido as mineradoras internacionais, enfim, para comprarmos o produto final mais caro, porque não produzimos, em um verdadeiro sistema colonial. 45% é extraído de forma ilegal ou "extra-oficialmente" via o contrabando para o exterior. Não foi atoa que o publicitário Marcos Valério, investigado na CPI do Correios afirma: “O dinheiro do mensalão não é nada, o grosso do dinheiro vem do contrabando do nióbio”. E ainda: “O ministro José Dirceu estava negociando com bancos, uma mina de nióbio na Amazônia”. 
Nada é investigado, o Brasil vive um retrocesso na legislação ambiental, por que não social, em meio a cultura de impunidade, dezenas de lideranças estão sendo assassinadas e marcadas para morte, uma indústria de morte, que o Estado é omisso, pois não duvidemos que se beneficia também deste processo perverso. Quando não é a violência criminosa, é a violência do Estado, que concentra mais poder nas mãos das elites, e preserva a estrutura econômica e social da desigualdade.
link: www.blogdopaulonunes.com/v3/2011/04/21/niobio-o-metal-que-so-o-brasil-fornece-ao-mundo-uma-riqueza-que-o-povo-brasileiro-desconhece-e-tudo-fazem-para-que-isso-continue-assim/

sábado, 26 de novembro de 2011

Temos que proteger a UFRN da Copa!





Você sabia que a Prefeitura do Natal junto com o Comitê Organizador da Copa do Mundo 2014 "ofereceu" o espaço da UFRN pra construção de estacionamentos público para a copa de 2014?
O quê isso quer dizer?



Isso que dizer que dentro desse espaço cedido pra essas obras, árvores vão ser derrubadas, áreas verdes devastadas, mais impermeabilização do solo, sem contar o desperdício do seu dinheiro pra construir estacionamentos para DOIS JOGOS APENAS. 


Protejam o verde da UFRN! Não deixem que invadam nosso espaço!



Autoria do texto: Anderson Werneck

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Mensagem: a sociedade, aos trabalhadores, e gestores da SEMTAS

"Até quando você vai ficar levando porrada,
até quando vai ficar sem fazer nad!?"

Olá cidadãos natalenses, estamos a observar a má gestão dos nossos recursos públicos de nossa cidade, se constata a precariedade do serviço público, e cada vez mais o aumento abusivo de impostos, para não termos nada, e os grandes oligarcas tudo. Não podemos nos calar, esse processo vem acentuando-se todos os anos, e a cada nova gestão, a cada nova eleição a coisa piora. Viemos transmitir-lhe mais uma informação de seu interesse, se não suporta mais injustiças e corrupção. Chamamos a população a procurar se informar e exigir seus direitos. Trazemos mais uma denúncia que a mídia comprada não noticia, porque ela está do lado dos "grandes". Precisamos acordar!

A Secretaria Municipal de Trabalho e Assistencia Social está impondo aos funcionários terceirizados, servidores não concursados, tal regime de trabalho que ofende a legislação trabalhista e a Lei de Estágio; não dando condições mínimas para se trabalhar; como o próprio atraso da folha de pagamento dos funcionários, dentre eles muitos estudantes, que  sequer possuem vínculo formal com a instituição, no reconhecimento dos direitos constituídos perante a CLT, e no caso de estudantes estagiários - o próprio reconhecimento como tal. Vale salientar que essas pessoas dependem muito dessa renda complementar para se manter.

Viemos  expor à sociedade, com a transparência que não vemos dos gestores públicos e na figura do secretário geral da Semtas Alcedo Borges de Melo Júnior (alcedo.borges@natal.rn.gov.br); a Secratária Adjunta Verônica Dantas e representante burocrata maior do Executivo Micarla de Sousa (sem esquecer de problematizar que este não é  apenas um problema da atual gestão, mas uma lógica institucional colocada em prática desde muito tempo, acentuada pela atual governo) que os funcionários de diversos programas, a exemplo do PETI - Porgrama de Erradicação do Trabalho Infantil e o Bolsa Família, estão sem receber seus salários e algumas gratificações como vale transporte: alguns há completar 2 meses, outros estão chegando a 4 MESES SEM SALÁRIO.

Os funcionários dos programas NÃO APRESENTAM QUALQUER VÍNCULO com a instituição: nem por carteira assinada, vínculo contratual ou segundo diz a Lei de Estágio. Muitos não possuem férias, não recebem décimo terceiro e muito menos vale transporte. Do salário é descontado valores que NÃO são repassados ao INSS, e para onde é destinado esse dinheiro permanece uma incógnita.

Relatos de pessoas que queremos preservar dizem-se ameaçadas: aquele quando após os primeiros meses sem salários, de quem, mesmo sem condições, de chegar ao trabalho, terá seu salário abusivamente descontado, o que é absurdo e autoritário. Existem ameaças de demissões e o constante policiamento a livre manifestação política negativa à atual gestão municipal, que é mais um direito constitucional sendo infrigido.

Não acreditamos que essa seja apenas uma particularidade desta Secrataria, mas a realidade de outras, onde não há condições de vida, de trabalho para garantir os serviços públicos com qualidade. A Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social tem a perspectiva  de promover e garantir direitos aos cidadãos, porém não é capaz de GARANTIR OS DIREITOS dos seus servidores. Perguntamos a você cidadão: como irá garantir o seu?

A situação chegou ao extremo, estamos monitorando os fatos que, afinal, não vem ao público pela opressão feita aos servidores, perseguição política e boicote midiático. Estamos observando cada passo dado. CHAMAMOS os trabalhadores e a sociedade, ela que é a beneficiária de todos os programas promovidos pela Semtas. Organizem-se, coletivos autônomos na construção da democracia real, utilizem as redes sociais, o boca-a-boca, reunam-se, exerçam a cidadania real, para exigir a concretude de um de seus direitos mais plenos, o Trabalho e a Assistência Social - neguem esse forma de poder que nos fazem reféns, fazendo não nos questionarmos sobre o injusto e perverso.  

Juntos somos fortes, não fomos ouvidos até então, mas estamos aqui, devemos despertar, cultive a solidariedade que nos une. Não tememos mais os governos, os governos que devem nos temer! A consciência precede a mudança, e eles fazem de tudo para não termos consciência.

Nós somos Anonymous.
Nós somos uma legião.
Nós não perdoamos.
Nós não nos esquecemos.
Espere-nos.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

#occupywallstreet: ação de guerra da policia!

Occupy Wall Street: Registro da truculência da policia estadunidense ao invadir Occupy Oakland, onde estavam acampadas milhares de pessoas representando o movimento de resistência global ao capitalismo. 

Imagens fortes


Cenário de guerra - visto do alto.


Urgente: Extermínio do Povo Guarani Kaiowá.

Denunciem! Falem com a presidente. Esse é o canal no qual você cidadão tem direito de falar. Copie essa denúncia e envie ou escreva a sua. Quanto mais pessoas, melhor. Faça sua parte pela internet! Você pode salvar a vida de alguém só gastando alguns minutos preenchendo um simples formulário.
https://sistema.planalto.gov.br/falepr2/index.php

O Givanildo-Giva Manoel acabou de postar o seguinte: Car@s, estou em um dos piores momentos da minha vida, estou assistindo ao genocidio do Povo guarani Kaiowá, a situação se agrava a cada minuto e o sentimento de impotência e a indiferença da esquerda , que se diz revolucionária é algo impressionante. A empresa de segurança Privada Sepriva, que foi contratada pelos fazendeiros da região de Dourados para exeterminar os Guarani Kaiowás, tem uma lista das lideranças Guarani Kaiowá para matar imediatamente e são eles: Cacique Ládio , Vereador Otoniel, Cacique Ambrosio, Cacique Carlitos , sendo que a pior situação é do Cacique Ládio, que está sendo caçado nesse exato momento, pelo fazendeiro Jacinto Honorio da Silva, que matou o Cacique Marcos Veron, está com os jagunços da SEPRIVA em frente a aldeia Taquara afirmando que irá matar o Cacique Ládio Veron, ainda hoje. A policia federal, mandou 3 policiais para enfrentar 50 jagunços da Sepriva e voltaram correndo. Espero que os companheir@s se posicionem de alguma forma, porque não sei o que fazer, hoje só tenho impotência! '

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Projeto Ágora #Anonymous @AnonIRC @YourAnonNewsBR


O plano, o Projeto Ágora e você

Muitos têm perguntado, O que é o plano? Isso é parcialmente usado pra tirar sarro da gente, e parcialmente perguntado por membros novos que não entendem o que está acontecendo. A verdade é que, de várias maneiras, não há "plano". Os fundadores deste site estavam descrevendo o trajeto natural de um movimento. Primeiro é necessário educar-se, identificar de fato ao que você se alia ou se opõe. Dai se organiza localmente, regionalmente e nacionalmente. Se você tiver sorte, pode acontecer globalmente. O último passo é a mobilização.

Tem acontecido muita confusão à respeito das "fases" e do prazo arbitrário de 1 ano. A causa da confusão é aceitável. Estes são os contornos básicos do começo de um movimento. Nós estamos bem encaminhados. Eu de fato espero que as pessoas parem pra pensar onde estamos e o que estamos fazendo, no contexto.

Com esse olhar otimista, podem perguntar "Porque estamos trocando de site?" É uma pergunta justa e existem algumas respostas muito boas:

Primeiro, este site é limitado, isso quer dizer que o banco de dados é de posse da Forummotion, o hospedeiro do fórum. O time de Admins/Mods não conseguem fazer as melhorias necessárias pra fazer o site crescer. Também não podemos por dinheiro na conta pra nos livrarmos das propagandas.
Depois, uma vez que os fundadores abandonaram o site, não podemos levar a URL conosco. O time de Admins/Mods não tem nenhum acesso à ela.

Além disso, o staff sente que todo o drama associado ao WITP tem um efeito duradouro e queremos nos distanciar disso. Um site não pode ser Anon. Visitar um site que Anons apoiam não transforma todo mundo que o acessa em Anon.

O site novo ao qual os convidaremos, é uma plataforma. Uma plataforma pra todos os tipos de ativistas, Anons e pessoas que não são da internet. Haverá guias claros de postagem e termos de serviço. Todos serão julgados pelo mesmo padrão.

Atualmente ainda estamos montando o site. Existe uma conta oficial de twitter @AgoraVoice, siga para novidades. Ao passo que haverá um convite aberto para todos os membros do WITP, eu sugiro que vocês deixem realmente todo o material relacionado ao WITP aqui. Se existem tópicos que você tenha criado e que você acredita que tenham lugar no novo site, por favor guarde-os. Mas tenha certeza de que ele esteja de acordo com os Termos de Serviço antes de postar.

Nós não migraremos as contas deste site. Não queremos que os nossos números pareçam artificialmente manipulados. Mais informações serão liberadas assim que estiverem disponíveis.

Eu sou o @AnonIRC
Somos Anonymous
Somos uma Legião
Nós não esquecemos
Nós não perdoamos
Nos te amamos
Nos aguardem

domingo, 20 de novembro de 2011

Carta denúncia - abuso de autoridade e repressão a liberdade de expressão

Carta denúncia endereçada a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal do Natal, no endereço: Rua Jundiaí, 546 - Natal/Rio Grande do Norte. Telefone: (0XX)84 3232-9363 / 3232-9364. Encaminharemos a denúncia também e todas as provas registradas a Procuradoria da República no Estado do Rio Grande do Norte, Av. Marechal Deodoro da Fonseca, 743 - Petrópolis, Natal/RN - (84) 3232-3900, www.prrn.mpf.gov.br

Câmara Municipal do Natal, dia 18 de novembro de 2011, sexta-feira.


Na presente data, três manifestantes, que fazem parte do movimento #foramicarla, novamente encontraram as portas fechadas da popularmente conhecida “casa do povo”. Antes do ocorrido, permanecíamos no Calçadão da Av. João Pessoa, onde começamos a nos concentrar a partir das14h, reunindo-nos de forma pacífica, trabalhávamos na elaboração de cartazes, como também conversávamos com transeuntes sobre nossas idéias.

Quase 15h30 rumamos a Câmara dos vereadores com cartazes e máscaras em um protesto criativo e pacífico; ao chegar no legislativo por voltar das 16h encontramos as portas fechadas. Ao aproximarmo-nos do prédio tiramos as máscaras no intuito de nos identificarmos, e encontrando as portas trancadas, começamos a chamar, bater palmas, sem obter nenhuma resposta de quem estava lá dentro.

Outras pessoas que se dirigiam a Câmara, que não estavam ligadas ao nosso protesto, também ficaram surpresas, e com um pouco mais de insistência um guarda municipal abre a porta de vidro que separa do portão de ferro, e deseducadamente, aos “berros”, diz que o expediente da Câmara terminou às 13h, e que não podíamos entrar - virando-nos as costas rapidamente - com a CEI dos Contratos em pleno funcionamento, ouvindo os depoentes convocados àquele dia. Achamos estranho, pois na semana retrasada, dia 4 de novembro de 2011, em mais uma reunião da CEI, inclusive em maior número preenchemos as galerias pacificamente com cartazes, e algumas pessoas também estavam com máscaras, como forma de protesto, aonde primeiro adentramos a casa identificados com as faces nuas, e em outro momento quando estávamos já nas galerias do plenário essas pessoas colocavam as máscaras em um protesto silencioso, pois apenas vem representar isto, ademais em posse de cartazes com palavras de ordem.

No presente dia, 18, qual queremos denunciar, tínhamos o mesmo objetivo, mesmo em pouco número fazer valer nossos direitos de cidadão e livre manifestação cultural, artística e de expressão, e nos deparando com esta situação. Vale salientar que o contigente da guarda municipal estava mais que quadruplicado, como forma de possível intimidação. Dirigimo-nos ao portão lateral esquerdo do prédio, queríamos ouvir no mínimo uma explicação decente: fomos recebidos pelos guardas municipais, que nos queriam acreditar que a casa estava sem atividades, e que não poderíamos entrar, mesmo com a CEI em andamento, pois era fechada, e só com autorização da presidente da comissão.

Não estávamos mascarados ao dialogar com os agentes, até que o Coronel aposentado da Polícia Militar*, cujo nome não sabemos até agora, sem farda, e sem identificação, concluindo que, o suposto não encontrava-se de serviço, de maneira descabida exige olhar nossos cartazes, nós não oferencendo resistência, mostramos, e revelando o fato de que queríamos acompanhar a CEI, indignados com a falta de respeito, tentando justificar com ênfase de aquilo se tratar de um grande absurdo, o tal Coronel da Polícia Militar, mais uma vez repetimos sem identificação, saca de seu bolso um celular com câmera, e começa a apontá-la para nós, e como uma forma de preservarmos nossa segurança colocámos as máscaras (que estavam levantadas sobre nossas cabeças) com o objetivo de nos defender daquela ação repressora. 

Destemidos, encaramos a situação, retirando a máscara, segundo tinham nos pedido, e tiramos, o Coronel abusando da autoridade, de forma constrangedora, tirou fotos nossas e dos cartazes. Retornamos ao portão principal, que foi aberto, em que o Coronel continuava a tirar fotos e a filmar, e sempre nos provocando de maneira grosseira e debochante com vistas de alterar nossos ânimos. Pedimos que o tal Coronel identificasse seu nome e patente, pois depois de passar por tal abuso, queríamos fazer o que o aparato legal nos garante, que a denúncia das atitudes desse militar diretamente ao Ministério Público, embasados na Cartilha de diretrizes para uma polícia cidadã do Ministério Público federal. Negou-se, insistimos, mostramos que todos os guardas municipais presentes e o próprio colega estavam identificados. Os guardas adentraram a casa, e a sós com o Coronel, de forma preconceituosa, nos agredindo moralmente, o Coronel nos chama de desocupados, vagabundos, chega ao ápice, de nos chamar de maconheiros, e ao ouvir que só fazia aquilo por ter as "costas largas", respondeu que também tinha as genitálias largas, com termos de baixo calão.

Diferente do Coronel, os próprios guardas municipais acuados pelo “papelão” feito por este oficial, que não é a primeira vez, entre ofensas e ameaças relatados por outros companheiros de luta, assevera-nos sobre a condição de que só iriamos entrar sem às máscaras e os cartazes. Guardamos os cartazes e às máscaras, para entrar, exigiram que nós deixássemos nossas identidades retidas na recepção e que nossas coisas fossem revistadas; recusamo-nos por se tratar de mais um abuso,e justificando que não teriam aquele direito, porque já estávamos sendo fortemente reprimidos, disseram-nos que se abríssemos os cartazes ou tirarmos as máscaras, ou levantássemos a voz, seriamos retirados a força; mais um abuso que nos sujeitamos, obedecendo mais uma vez tal condição, e assim permanecemos por quase todo o período que ali estávamos no plenário.

Soubemos de que comentaram o dia todo sobre o ato que iríamos fazer, por isso encontramos as portas fechadas, a guarda municipal reforçada, e o Coronel que mesmo não estando de serviço provocou, por suas atitudes, constrangimentos aos cidadãos que apenas queriam exercer o livre direito de manifestação, liberdade de expressão, em um protesto pacífico. Vimos o mesmo Coronel sair por uma porta próxima a mesa fformada da comissão, se dirigindo, discretamente, ao vereador Julio Protásio, nem ao menos a presidente da comissão, vereadora Julia Arruda, para confirmamos segundo informações dos próprios guardas da câmara que o próprio Julio Protásio mandou que fechassem as portas.


(*) Informações de que se trata do Tenente Coronel João Nogueira­ ­

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

III Forum de Luta Social Apartidário


III Forum de Luta Social Apartidário: para todos aqueles que querem construir focos de lutas sociais de cunho apartidário, independente e autônomo. O último foi interessante e colou uma galera legal. O próximo será dia 20/11/11 (domingo), as 14:00 hs no Bosque dos Namorados. Vamos construir a democracia direta e participativa!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Mídia

Político não morre de bala perdida - por Jessica Farias

Político não morre de bala perdida, porque polícia não vai procurar bandido onde está cheio!? Não invade o palácio central - e não tem como pegar bala perdida nem nos gestores inocentes... As forças armadas são obrigadas a defender a legalidade, quando deveriam defender o povo... Mas pra isso cidadão tem que fazer pressão e não aceitar repressão, só assim favela tem paz! Sou contra luta armada, sou contra violência aos movimentos sociais, sou a favor da voz do povo e de consciência politica pra quem deve ter lugar central em governos democráticos!

domingo, 13 de novembro de 2011

Povo da Terra, escutem...Soldados de quem somos?


Preso e Liberto

A necessidade de mudança
É igual a pretensão de liberdade
Que não é conceito algum - escrito
Que não é necessidade alguma - gritada
Mas um movimento instintivo - silencioso.
Não poderemos ficar presos
Por muito tempo as mesmas grades.
E se, mesmo presos, levarmos a prisão
Para onde a liberdade é apreciada.
São fatos, pois só existe cárcere
Aonde é ou se pretende ser livre.
Materializadas as grades a seus cativos,
Em campos de concentração modernos,
É o nosso infâme sistema que diz:
Todos os homens são iguais e livres.
A civilização universalisou muita coisa:
Apresentou a liberdade como realizada
Apresentou a "ordem" como intransponível,
Para assim eternizar a guerra. Desmoronará
Ou a ordem ou o sonho destes que sonham
E choram o peso sob que resistem.
Policiam-nos, pois as ideias são perigosas.

sábado, 12 de novembro de 2011

#parebelomonte: Belo Monte de crueldade


A mesma polícia que desocupa reitorias desalojou 600 índios, pescadores, riberinhos que protestavam no canteiro de obras da usina hidrelétrica de Belo Monte. 

Sobre achar... - por Pedro Germano

Atenção, amigos: achar que o problema da USP é a maconha; achar que o problema do Iraque era arma de destruição em massa; achar que a ditadura no Brasil serviu para salvar o país dos comunistas; achar que o Afeganistão foi invadido por conta dos terroristas; achar que regulamentar a mídia é o mesmo que censurá-la; SÃO FALÁCIAS (do tipo 'Red herring') que servem para mudar o foco da discussão (seja ela qual for), e esconder os interesses daqueles que usam a mídia para enganar. 

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

photo


A Luta dos estudantes, servidores e professores da USP é a nossa Luta!

Marilena Chauí fala, em ato de greve na USP pela democracia e livre pensamento na Universidade - 16 de junho de 2009.

 Parte 1



 Parte 2



 Reflitam melhor sobre o que está acontecendo na UPS!

#ferramenta: Google Transparency Report

Aos navegantes paranoicos quanto a censura on-line, vos digo: ESTÁS CERTO!

Uma ferramenta que deve de ser fixa em nosso mural e em nossa vida, uma ferramenta que deve ser divulgada e difundida: Google Transparency Report!

Bom proveito!
 "Como outras tecnologias e as empresas de comunicação, o Google recebe regularmente pedidos de agências governamentais e tribunais em todo o mundo para remover o conteúdo dos nossos serviços e entregar os dados do usuário. Essa ferramenta divulga os Pedidos do Governo, divulga o número de solicitações que recebemos de cada governo em períodos de seis meses relatórios com certas limitações."


Arquivo do blog